Emef Raposo Tavares lembra os 13 anos da Lei Maria da Penha

Pin It

08 de Agosto - Na tarde de quinta-feira (dia 8), os estudantes dos oitavos e nonos anos da Emef Raposo Tavares participaram de um evento especial que marcou os 13 anos da Lei Maria da Penha.



O evento teve a iniciativa da professora de língua portuguesa Rosemeire de Lourdes do Carmo e da professora de história Mariana Costa Delfim, que estão trabalhando sobre a Lei Maria da Penha em sala de aula e teve o apoio da Secretaria da Mulher de Barueri.

Além da presença dos estudantes e gestores da escola, a apresentação também contou com a presença da secretária da Mulher, Giani Cristina, e de sua equipe.

O artista popular Tião Simpatia fez uma apresentação especial para os estudantes que lotaram a quadra da escola. Durante o evento o público pode conhecer mais sobre a lei que protege as mulheres contra a violência por intermédio de literatura de cordel e muita música.

Tião Simpatia é grande precursor da lei e leva informações sobre ela em sua arte para todo o Brasil. O artista já traduziu os 46 artigos da Lei Maria da Penha para 33 estrofes de literatura de cordel.

Motivado a aprender a ler por causa da literatura de cordel quando era adolescente, Tião Simpatia explica que a causa social sempre esteve presente em sua arte, desde quando começou sua carreira em 1994. Produzido por pedido de Maria da Penha, o folheto ganhou destaque internacional por meio da Organização das Nações Unidas (ONU), tendo sido premiado em 2011.

Fonte: Secretaria de Comunicação

 

 

Últimas Notícias