O QUE ABRANGE?

"(...) a vida cooperativa oferece o máximo de possibilidades de identificação e de oposições para aqueles que a vivem, porque cada um é valorizado no decorrer das divisões e das responsabilidades"

Freinet (1979, p .110)

 

Quando se fala no processo de ensino e aprendizagem e em pertencimento no Plano Municipal, para a Educação fundamental, devemos nos fortalecer diante das leis e das demandas do município, evitando o risco de adotar uma descrição idealizada de escola, que se constitua isolada da sociedade em que está inserida. Dessa forma, pensa-se muitas vezes que basta um professor bem preparado, com um bom planejamento e um bom domínio dos conteúdos e dos métodos, aliado a um conjunto de alunos individualmente motivados e dotados de condições prévias consideradas satisfatórias, para se conseguir o sucesso no plano individual de cada aluno.

A esfera da responsabilidade escolar vai além das práticas pedagógicas e da produção e reprodução de conteúdo, pois engloba também a atitude de considerar a realidade como sua totalidade cujas partes são interatuantes.

Ao descrever o plano nos apropriamos do diagnóstico levantado para enfatizar o ensino de qualidade englobando levantamentos de informações à respeito dos alunos e das suas condições de vida, com a finalidade de melhor conhecê-los, compreendê-los e propiciar-lhes situações de aprendizagem adequadas a eles.

Portanto, acreditamos que ensino como um todo, tem a função de procurar integrar efetiva e afetivamente os alunos e seus familiares, considerando suas aspirações, seu histórico de vida e as decisões familiares que lhes dizem respeito. Considerando também o discente como agente do próprio processo de aprendizagem, com o direito a conquistar um conjunto de instrumentos, habilidades e princípios éticos, para lidar adequadamente com a liberdade, atuar e refletir sobre a realidade, em suma, relacionar-se com o mundo, de modo eficaz.

 

Abrangência do PME:

 

  1. Respeito aos direitos humanos;
  2. Sustentabilidade socioambiental;
  3. Valorização da diversidade;
  4. Valorização dos profissionais;
  5. Exercício da cidadania;
  6. Flexibilidade dos conteúdos e das metodologias;
  7. Inovação;
  8. Inclusão que resgate a imparcialidade.

 

 

Fonte: Departamento de Programas e Convênios